Novas orientações da Arquidiocese para o Sacramento do Matrimônio

Foram recebidas com muita alegria pela Arquidiocese as novas orientações para o Sacramento do Matrimônio, contidas no livro “Orientações Canônico-Pastorais para os Sacramentos”, páginas 51 a 68.

A Igreja, principalmente após o Concílio Vaticano II, tem aumentado o cuidado na formação dos casais de noivos que desejam receber o Sacramento do Matrimônio. Trata-se de uma vocação, uma resposta em casal ao chamado de Deus, para viverem uma vida nova juntos e formarem uma nova

família cristã. Em vários documentos da Igreja encontra-se esta preocupação.

Também na Arquidiocese, há mais de seis anos, através do Plano de Pastoral, formações e assembleias, têm-se trabalhado neste tema da formação dos noivos na forma de um catecumenato, ou seja, vários encontros de preparação, para que possam viver plenamente este chamado de Deus.  Tudo isto culminou na revisão e aprovação das novas Orientações Canônico-Pastorais para os Sacramentos, em 2018.

Agora, precisa que esta “boa nova” chegue a todos os catequistas do Matrimônio. Assim, a Pastoral Familiar junto com a Pastoral da Arquidiocese organizou os Encontros Forâneos para os Catequistas do Sacramento do Matrimônio. Foram realizados estes encontros em 13 foranias, no período de 16 de fevereiro até 30 de abril. Em todos eles, os participantes preencheram uma avaliação. Para nossa alegria, estas foram muito positivas.

Porém, todas as paróquias devem iniciar os Encontros Personalizados de Preparação para a Vida Matrimonial (EPVM). Algumas já fazem e estão animadas. As paróquias que ainda não iniciaram, devem começar a divulgar os encontros.

As Orientações Canônico-Pastorais são bem claras e fáceis de serem implantadas, bem como o livro adotado nestes encontros é bem completo e didático: “Matrimônio – Encontros de Preparação”, com dez temas. A Pastoral Familiar e as paróquias que já iniciaram os EPVM podem ajudar.

Rezemos para que, com a ajuda da Sagrada Família, cada paróquia consiga implantar os EPVM, e assim se possa atender ao anseio dos casais que buscam a vida matrimonial.

Por Diácono Rubens Bittencourt
Paróquia N. Sra. de Lourdes e São Luiz / Florianópolis

Artigo publicado na edição de maio de 2019 do Jornal da Arquidiocese, pág. 10.