CNBB lança documento sobre a Palavra de Deus

A Palavra de Deus está no centro da vida e da missão de Jesus, e também das comunidades cristãs que surgem, graças ao anúncio e à acolhida da Palavra (1Jo 1,1-4). Palavra de Deus que se fez carne.

Jesus, o Verbo do Pai, fez morada entre nós, anunciou com sua vida, gestos e palavras, o Reino da verdade e da graça, da vida, do amor e da paz. Ele chamou os discípulos e os enviou para testemunhar a Boa Nova do Reino.

As primeiras comunidades surgiram, graças ao anúncio e à acolhida da presença de Jesus Crucificado-Ressuscitado. Em todos os tempos e lugares, a Igreja, as nossas comunidades, as nossas famílias escutam, meditam e alimentam-se da Palavra de Deus.

Nossas comunidades, especialmente no dia do Senhor, dia da ressurreição de Jesus, entram na dinâmica e na graça do Verbo feito morada entre nós.

Considerando a importância da Palavra de Deus para nossa vida e a das nossas comunidades, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou o Documento: “Ministério e celebração da Palavra”. O texto apresenta a celebração da Palavra de Deus como expressão da comunidade de fé.

Segundo o Papa Francisco, “toda a evangelização está fundada sobre esta Palavra escutada, meditada, vivida, celebrada e testemunhada. A Sagrada Escritura é fonte da evangelização. Por isso, é preciso formar-se continuamente na escuta da Palavra. A Igreja não evangeliza, se não se deixa continuamente evangelizar. É indispensável que a Palavra de Deus ‘se torne cada vez mais o coração de toda a atividade eclesial’” (EG, n. 174).

Sendo assim, cremos que “toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme a justiça. Assim, a pessoa que é de Deus estará capacitada e bem preparada para toda boa obra” (2Tm 3,16-17).

Por: Pe. Revelino Seidler
Coordenador Arquidiocesano de Pastoral

Artigo publicado na edição de maio de 2019 do Jornal da Arquidiocese, pág. 8