Papa divulga mensagem, especialmente para o Brasil, por ocasião da CF 2020

Nesta quarta-feira, 26, o Papa Francisco divulgou mensagem por ocasião da Campanha da Fraternidade 2020. No texto, o pontífice diz se alegrar com a realização, no período quaresmal, da Campanha da Fraternidade, anunciando a importância de não separar a conversão dos serviços aos irmãos e irmãs, sobretudo os mais necessitados. Neste ano, Francisco afirma que o tema trata justamente do valor da vida e da nossa responsabilidade de cuidá-la em todas as suas instâncias, pois de acordo com ele, “a vida é dom e compromisso; é presente amoroso de Deus que devemos cuidar”.

Na mensagem, Francisco também afirma que a superação da globalização da indiferença só será possível se nos dispusermos a imitar o Bom Samaritano. O Pontífice chama atenção para o fato de a parábola que tanto nos inspira a viver melhor o tempo quaresmal nos indica três atitudes fundamentais: ver, sentir compaixão e cuidar. “A semelhança de Deus, que ouve o pedido de socorro dos que sofrem (cf. Sl 34,7), devemos abrir nossos corações e nossas mentes para deixar ressoar em nós o clamor dos irmãos e irmãs necessitados de serem nutridos, vestidos, alojados, visitados (cF.Mt 25, 34-40)”.

Ainda sobre a Quaresma, o Papa Francisco afirma ser um tempo propício para que, atentos à Palavra de Deus que nos chama à conversão, fortaleçamos em nós a compaixão, nos deixemos interpelar pela dor de quem sofre e não encontra quem o ajude. “É um tempo em que a compaixão se concretiza na solidariedade, no cuidado”.

Confira a mensagem na íntegra.

Presidente da CNBB também divulga mensagem

Em vídeo, o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, também divulgou mensagem para a ocasião. “A Campanha nos inspira a vencer a crueldade da indiferença e assumir a compaixão ao próximo na família, na comunidade, na sociedade e no planeta: a nossa Casa Comum”. Assista o vídeo na íntegra seguido da mensagem do Papa Francisco.

Fonte: Arquidiocese de Florianópolis / CNBB / Rádio Vaticano